Petiscos

Comunidade dos Gulosos! => Licores e coktails.. => Tópico iniciado por: JC_PT em Julho 31, 2006, 15:37:38 pm



Título: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Julho 31, 2006, 15:37:38 pm
Este é o meu primeiro post no fórum e nada melhor que a secção de “Licores e Cocktails” para fazer uma primeira – longa, mas tímida – incursão.

Tenho, ao longo dos anos, dedicado algum tempo a aprofundar as origens históricas da sangria, entre muitas outras receitas. Não há muita documentação sobre o assunto: a sangria é bebida plebeia, parente muito afastada e em linha travessa dos cocktails mais reputados e cosmopolitas e, por tudo isso, não consta do reputado acervo da academia da misturologia.

Não faz mal, mais sobra para a imaginação.

Parece claro que a origem da palavra associa a cor do vinho tinto à do próprio sangue. E, pesquisando a partir da zurra valenciana – a sangria branca (ou zurracapote de Siete Aguas, lá perto) – é aceitável que atribuamos a origem da sangria, tal como a conhecemos, ao Sul da Península Ibérica, especialmente à Região da Andaluzia e ao nosso Alentejo. Os andaluzes mais velhos conhecem a sangria das tascas e associam-na, quase sempre, às artes da tourada: Sangre del Toro. Era barata de beber e ainda mais barata de fazer. Ainda hoje, nas tascas de Granada, onde pontuam as tapas e comidinhas mais elaboradas, é possível beber uma sangria à pressão (resultado óbvio de séculos de evolução, mas longe da receita original).

É uma bebida de “barba rija”, mas não admite – ao contrário do que se pensa geralmente – qualquer gaseificação na sua preparação. Lá chegaremos…

Já foi, como disse, uma bebida barata de preparar, recorrendo a ingredientes baratos e disponíveis nessas paragens: laranjas amargas (das laranjeiras bravas, típicos enfeites das avenidas das aldeias sulistas), aguardente, fruta da época – maçãs, peras e citrinos, açúcar. Tudo coisas à mão de semear e difíceis de replicar, em disponibilidade e qualidade, nos nossos dias.

Perdeu-se um pouco a tradição da sangria, forte e poderosa, trocada por aligeiramentos, mais ou menos adocicados, a 7UP ou Sprite.

A minha receita – e estou seguro que cada um terá a sua – parte da base fermentada para o preparado final.

Assim temos que a base, a mistela poderosa que restará, depois de bebido o todo o conteúdo do jarro, no fundo do mesmo, será sempre um preparado dos seguintes ingredientes: vinho, açúcar, aguardente e citrinos.

Começando pela aguardente.

Não recomendo aguardentes brancas. Têm muito cheiro, alterando por isso o resultado final, que se pretende oloroso e adocicado. Portugal, para nosso bem, produz aguardentes velhas únicas no Planeta. CR&F, Ferreirinha, Adega Velha são referências que podem ser substituídas – com sucesso – por parentes mais modestos e igualmente virtuosos. Tenho feito experiências com sucesso alguns, mais baratos, cognacs franceses, especialmente no que respeita a alguns menos doces que podem servir de substituto à cada vez mais cara aguardente velha.

O açúcar a utilizar já foi, noutras mesas de discussão, sobejamente discutido. Digamos que é preferível utilizar o já bastante disseminado e pouco refinado açúcar mascavado, seguido pelas variantes amarelas e – por fim, e em último recurso – o refinadíssimo açúcar branco. Estamos, lembro, a tentar fazer uma sangria que se aproxime da dos nossos seculares antepassados, e a refinação do açúcar é um processo moderno quando comparado com a idade da sangria. Há óbvias vantagens na utilização do açúcar mascavado, especialmente quando o que se pretende é um processo de fermentação que não poderá – a bem do almoço do dia seguinte – passar das 24 horas.

Os citrinos. A base de qualquer sangria tinta é a fruta cítrica. Laranja e limão primordialmente, mas são admitidas limas para “compor o ramalhete”. Para além disso podemos, na maceração inicial, incluir todas as frutas a que reconheçamos competência para adornar “olfactivamente” a nossa sangria.

Eu não costumo dispensar as maçãs: As Bravo Esmolfe têm açúcar suficiente para transformar qualquer sangria numa aventura calórica e olfactiva inolvidável mas, quando me dá para as dietas, costumo recorrer às reinetas, mais disponíveis e amargas. Em teoria qualquer maçã dá para fazer uma boa sangria, fazendo variar a quantidade de açúcar. Pêssegos, cerejas, uvas, peras e até as ameixas, ficam bem numa sangria em quantidades menores.

Falta o vinho, o pomo da discórdia dos sangriófilos mais abnegados..

O ideal é utilizar um vinho bom. Ponto.

A ideia, nascida do utilitarismo da receita original, que um vinho reles já faz sangria é simplista. É claro que, tendo a sangria origens humildes, faz pensar que idealmente teria de ser baseada em vinho igualmente humilde.

Faz sentido.

No século XVIII…

Hoje já não tanto. O vinho “da terra”, nos idos dos Reis, seria seguramente melhor do que os sucedâneos que nos é possível comprar por tuta-e-meia nos nossos supermercados. O ideal é recorrer a um vinho alentejano ou duriense de qualidade insofismável.

Não é preciso ir para os topo-de-gama. Não é preciso, nem recomendável, mas há vinhos que se deixam comprar por 3 ou 4 Euros e que fazem sangrias excelentes. Tenho recorrido ao “Quinta de Cabriz”, colheita seleccionada e ao “Alandra” – representante do Alentejo – com alguma regularidade e com bons resultados.

Vinhos claramente maus fazem más sangrias, onde pontuam os açúcares a mais, para disfarçar.

[tanta coisa e só agora começamos a preparar a dita..]

Primeiro ponto prévio – Não vale a pena fazer um litro de sangria. Há um mínimo crítico de massa a fazer, que durará uns bons 5 dias, e que serve para ir replicando a receita ao longo da semana. Assim recomendo que se arranje, nas muitas feiras e romarias do nosso Portugal (ou nas lojas dos nossos centros comerciais) um jarro que possa aguentar dois litros de sangria. Se for de barro que seja vidrado por dentro. A zurrapa – que está também na origem histórica da sangria – era a massa que se obtia na raspagem e limpeza dos recipientes de barro quando a higiene não era uma preocupação.. Um jarro de vidro dura uma eternidade e é fácil de limpar.

A Receita:

No fundo do jarro colocar laranjas, limões, maçãs e as frutas eleitas. Cobrir com açúcar e aguardente. Com uma colher de pau, um rolo da massa ou qualquer outro instrumento contundente, macerar o conteúdo até formar uma papa indistinta (ou até nos cansarmos).

Está feita a “massa” da sangria, o que restará no fundo depois de bebido o líquido todo, responsável pela fermentação mágica que fará então outra e outra sangria durante uns bons 5 dias, bastando adicionar metade dos ingredientes, açúcar e vinho.

Despejar, sem contemplações, duas garrafas de vinho para cima da mistela. Mexer tudo. Está feita a sangria. Passemos à parte em que podemos personalizar a “nossa” sangria..

Eu recorro, como os nossos antepassados, às laranjas amargas. Como as avenidas já não são decoradas a laranjeiras bravas, uso Cointreau. Não conheço substituto e já experimentei todos os triple-sec que pude comprar.
Uso também, como “secante”, um bom Gin: Gordon’s, Tanqueray ou Plymouth, a escolha é variada.

Há, entre os incondicionais, quem recorra ao aniz (não recomendo), whisky (também não) e vodka (ibidem). Vinho do Porto, em pequenas quantidades resulta bem, e até já tive sucesso com um pouco de Bols de pêssego, mas sempre em pequenas quantidades.

Cointreau e Gin, três golpadas de cada devem ser suficientes. Mexer.

Prova-se, a quente. Se estiver muito doce acrescente-se mais limão, se estiver muito forte, acrescente-se vinho. Quando estiver perfeitamente equilibrada, tapa-se com um pano limpo e vai para o frigorífico durante – pelo menos – 24 horas. A hortelã, preferencialmente as folhas pequeninas da ponta do ramo, podem “dormir” com a nossa sangria e pode-se acrescentar no dia seguinte umas folhas maiores, assim como rodelas inteiras de maçã e laranja, só para enfeitar.

E está feita a nossa sangria. Depois de beber tudo, e com a massa que fica no fundo do jarro, acrescenta-se um pouco de açúcar e vinho e metade dos ingredientes iniciais, e durante cinco dias pode-se “clonar” a mesma sangria. Depois, finalmente, estraga-se.

Perguntarão onde é que fica a gasosa nesta potente sangria. Fácil: no copo.

A sangria deve servir-se em copos grandes, só com gelo, para os mais aventureiros e afoitos e “cortada” com refrigerantes, na quantidade que se desejar, para as crianças, os condutores e os que têm outras coisas – que não dormir – para fazer depois do repasto. Para as crianças costumo “tingir” o copo com um pouco de sangria e atestar com 7UP ou outro tipo de gasosa.

A sangria é uma bebida de origens humildes, sujas e potentes que merece o nosso respeito e esforço na perpetuação da sua ibérica proveniência. Temos poucas coisas que podemos, com propriedade, chamar nossas: a sangria é uma delas.

Nos dias de calor que se aproximam, aproveitemo-nos desta nossa herança!

(Com as minhas desculpas pelo enormíssimo post inicial..)

JC


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Guidosca em Agosto 08, 2006, 13:57:03 pm
Gostei da sangria e da informação!

é favor continuar, sai um pontinho!


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Larose em Agosto 08, 2006, 15:49:16 pm
 ;) ;) ;) Sai ponto...e lá andas tu com a laranja amarga !!!!!  :D :D :D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Agosto 08, 2006, 16:04:19 pm
;) ;) ;) Sai ponto...e lá andas tu com a laranja amarga !!!!!  :D :D :D

 :D

Ninguém gosta delas, apodrecem no chão de algumas das nossas mais bonitas vilas (estou a lembrar-me de Cabeço de Vide, assim de repente) e mesmo assim houve alguém - em 1875 - que se lembrou de fazer fortuna à conta da casca da laranja amarga...

Mas o que seria das Margaritas, dos Sidecars, dos B-52's e das sangrias modernas sem o Cointreau?  :D

Não é fixação juro! ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Larose em Agosto 08, 2006, 16:11:38 pm
...eu adoro toranjas...como-as como se fossem laranjas normais...e os limões também marcham....não sou esquesita.... :D :D :D :D :D :D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: TRATANTE em Agosto 08, 2006, 16:26:55 pm
epa'  tu comes a minha toranjazinha????????

ai se te apaho...eheheh


aquele abraco


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Larose em Agosto 08, 2006, 16:30:16 pm
...a tua ...é tua......não tasco...!!!!!  :D :D :D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: TRATANTE em Agosto 08, 2006, 16:33:56 pm
ufffffffffff...que alivio,nao e que tivesse algo contra,mas ainda ta cmg,mas sendo assim tou mais descansado          lol...


aquele abraco


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Guidosca em Agosto 08, 2006, 19:21:29 pm
;) ;) ;) Sai ponto...e lá andas tu com a laranja amarga !!!!! :D :D :D

 :D

Ninguém gosta delas, apodrecem no chão de algumas das nossas mais bonitas vilas (estou a lembrar-me de Cabeço de Vide, assim de repente) e mesmo assim houve alguém - em 1875 - que se lembrou de fazer fortuna à conta da casca da laranja amarga...

Mas o que seria das Margaritas, dos Sidecars, dos B-52's e das sangrias modernas sem o Cointreau? :D

Não é fixação juro! ;)
Eu vivo em Beja e cá há imensas laranjeiras, cujas laranjas apodrecem no chão... se quiseres passar por cá ;D ;D



Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Agosto 08, 2006, 19:45:54 pm
;) ;) ;) Sai ponto...e lá andas tu com a laranja amarga !!!!! :D :D :D

 :D

Ninguém gosta delas, apodrecem no chão de algumas das nossas mais bonitas vilas (estou a lembrar-me de Cabeço de Vide, assim de repente) e mesmo assim houve alguém - em 1875 - que se lembrou de fazer fortuna à conta da casca da laranja amarga...

Mas o que seria das Margaritas, dos Sidecars, dos B-52's e das sangrias modernas sem o Cointreau? :D

Não é fixação juro! ;)
Eu vivo em Beja e cá há imensas laranjeiras, cujas laranjas apodrecem no chão... se quiseres passar por cá ;D ;D


O que faz todo o sentido. A parte lusitana da História da Sangria (assim com letras maiúsculas e tudo) desenrola-se em terras do Baixo Alentejo e Algarves.

No meu próximo périplo pelas terras da Pax Julia levarei seguramente cesto de vime para a colheita... Quem sabe se não consigo criar uma nova receita de licor de laranjas amargas para temperar a sangria à moda antiga.  ;D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Guidosca em Agosto 09, 2006, 07:16:48 am
 ;D ;D ;D ;D ;D ;D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Cissa. em Agosto 09, 2006, 09:36:46 am
E sai mais um pontinho! ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Agosto 09, 2006, 13:31:31 pm
E sai mais um pontinho! ;)

Obrigado Lúcia!

A sangria - mesmo sendo a de vinho tinto - está a saber-me "que nem ginjas" hoje, debaixo desdes estafantes 36 graus...


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Cissa. em Agosto 09, 2006, 13:33:10 pm
E sai mais um pontinho! ;)

Obrigado Lúcia!

A sangria - mesmo sendo a de vinho tinto - está a saber-me "que nem ginjas" hoje, debaixo desdes estafantes 36 graus...

Tb bebia um copinho!!! não sei é se fiacava capaz para vir trabalhar!


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Agosto 09, 2006, 13:43:21 pm
E sai mais um pontinho! ;)

Obrigado Lúcia!

A sangria - mesmo sendo a de vinho tinto - está a saber-me "que nem ginjas" hoje, debaixo desdes estafantes 36 graus...

Tb bebia um copinho!!! não sei é se fiacava capaz para vir trabalhar!

Pois, tens toda a razão. Estou em vantagem em relação a ti só por estar de férias e não ter nada de "sério", "de responsabilidade" ou "muito importante" para fazer hoje... 8)

De qualquer das formas, como tentei explicar na receita (que é longa e chata de se ler) a sangria não leva qualquer gasosa na sua preparação. Apenas no copo. Por isso podias muito bem beber um copo, numa proporção de 1 parte de sangria para 3 de 7up ( ou se gostares muito de sangria doce, Sprite).  ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Romy em Agosto 09, 2006, 13:56:40 pm
1 pontinho pela receita e pelas explicações JC_PT :)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Agosto 09, 2006, 14:07:27 pm
1 pontinho pela receita e pelas explicações JC_PT :)

Obrigado Romy!

O meu fígado esteve um passo de declarar guerra ao meu cérebro pelas experiências a que este o sujeitou durante a afinação desta receita, ao longo dos anos...  ;D

Acho que, pelo menos no que resta das férias, me vou dedicar às bem mais brandas receitas de sangria branca e de espumante. As moças do supermercado bem devem estranhar eu andar sempre a entrar e a sair de lá. Ainda arranjo algum sarilho... :D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Romy em Agosto 09, 2006, 14:43:09 pm
 ;D ;D ;D

Entendo perfeitamente...lol

Quando decidi testar algumas receitas de licor, tb comprava sempre garrafas de aguardente sempre que ía às compras...lol   as meninas da caixa sempre atenciosas não diziam nada mas eu via os olhares... ;D 

é sempre bom moderar um pouco, pela saúde e pela carteira tb ;D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Larose em Agosto 09, 2006, 16:44:22 pm
Desculpas esfarrapadas...Romy....!!!!!


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Romy em Agosto 09, 2006, 20:27:20 pm
 ;D ;D

pois... pois...  ;D

com duas belas garrafinhas debaixo do braço é mesmo o que dá para pensar ;D

o licorzinho entretanto tá quase pronto, no sábado já vou provar...eheh





Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Larose em Agosto 09, 2006, 20:38:33 pm
manda uma mini garrafita !!!! ;) ;) ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Romy em Agosto 09, 2006, 20:43:16 pm
dás-me o meu endereço e eu mando  ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Larose em Agosto 09, 2006, 20:51:36 pm
Estive a ver de onde és...Coimbra...se um dia vieres aki à Póvoa diz que eu dou-te o meu contacto.....para irmos beber uma caipirinha especial.....maravilhosa e muito bem feita.....e uma francesinha poveira !


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Romy em Agosto 09, 2006, 21:01:32 pm
Com todo o gosto  :D

E agora só me resta retribuir a gentileza...lol

Quando vieres a Coimbra, avisa que iremos tomar um Licor Beirão que por acaso é desta zona onde moro (Lousã) ;)



Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: Larose em Agosto 09, 2006, 21:25:58 pm
 ;) ;) ;) combinadérrimo !!


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: ddar em Setembro 01, 2006, 15:45:46 pm
Mais um pontinho JC_PT!
Pela receita, pela explicação e pela paciência de escrever isto tudo! :D :D :D
Estou tentada a "tentar"  :D :D :D Espero q saia algo de jeito :D :D :D
É q ainda anteontem fiz a de espumante e já estava aqui a pensar em comprar amoras congeladas para voltar a fazer!!!! ;D ;D Não pode ser!! ;D ;D ;D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Setembro 01, 2006, 16:58:00 pm
Mais um pontinho JC_PT!
Pela receita, pela explicação e pela paciência de escrever isto tudo! :D :D :D
Estou tentada a "tentar"  :D :D :D Espero q saia algo de jeito :D :D :D
É q ainda anteontem fiz a de espumante e já estava aqui a pensar em comprar amoras congeladas para voltar a fazer!!!! ;D ;D Não pode ser!! ;D ;D ;D


Obrigado!

Cuidado com a sangria tinta!!! :D

É de outra família e parente muito afastado da sangria de espumante e da de vinho branco. É uma bebida potentíssima (própria para fins-de-semana encalorados, como este que se avizinha), para quando não temos muitas coisas de responsabilidade para fazer... 8)

Ainda assim duvido que corra mal. O mais importante é acertar a base. Ao contrário das outras sangrias, nesta é absolutamente fundamental a fase de maceração das frutas, da aguardente e do açucar até formar uma pasta uniforme - em termos de aspecto e de sabor.

A verdadeira sangria tinta sabe bem logo desde a base. E é essa mesma base que lhe dá a extraordinária capacidade de se clonar durante dias a fio...


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: ddar em Setembro 02, 2006, 21:10:42 pm
E já agora JC_PT, aconselha a usar vinho tinto verde ou maduro?
Lá em casa há vinho tinto (e branco) directamente do quintal mas é verde (sou de guimarães), será que dá? Ou deverá ser com vinho maduro??


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Setembro 03, 2006, 16:14:41 pm
E já agora JC_PT, aconselha a usar vinho tinto verde ou maduro?
Lá em casa há vinho tinto (e branco) directamente do quintal mas é verde (sou de guimarães), será que dá? Ou deverá ser com vinho maduro??

Tem de ser maduro, sem ter de ser caro. A acidez do verde daria cabo da sangria - a menos que se goste de uma sangria extraordinariamente ácida, mas sinceramente não faço ideia de como contrabalaçar/neutralizar a acidez do vinho verde tinto

Como vai entrar mais uma semana de calor também estou a preparar os ingredientes para a sangria desta semana (dura uma semana inteirinha). Comprei um muito macio Quinta de Cabriz a 2,85€ a garrafa que fará uma esplêndida sangria. É uma sugestão.


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: ddar em Setembro 04, 2006, 07:32:07 am
Obrigada pela sugestão e ainda bem que perguntei! ;D ;D ;D
Mas vou ter q fazer algumas alterações á sua receita: não tenho em casa Gin nem Coientreau, vou por vinho do Porto.
Tenho licor de tangerina caseirinho mas não é azedo, será q devo por um bocadinho???
Desculpe tanta pergunta mas como percebe disto bem melhor do que eu e queria fazer uma sangria boa.
Muito obrigada ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Setembro 04, 2006, 08:27:32 am
Obrigada pela sugestão e ainda bem que perguntei! ;D ;D ;D
Mas vou ter q fazer algumas alterações á sua receita: não tenho em casa Gin nem Coientreau, vou por vinho do Porto.
Tenho licor de tangerina caseirinho mas não é azedo, será q devo por um bocadinho???
Desculpe tanta pergunta mas como percebe disto bem melhor do que eu e queria fazer uma sangria boa.
Muito obrigada ;)

De nada, a sangria é uma bebida com milhares de receitas possíveis.

O essencial é uma boa base: fruta, açucar e aguardente, que até pode ser de vinho verde (se tens acesso facilitado a esse precioso néctar, cada vez mais escasso) desde que não seja muito nova e consequentemente acidulada. Se a aguardente for demasiado ácida podes tentar corrigir com mais açucar (ai, se o meu fígado ouve isto ainda entra em greve... :D). Também tenho usado, com sucesso, uns muito doces cognacs franceses (daqueles que se arranjam, de vez em quando no Carrefour, a preço de saldo).

O Gin e o Cointreau são os meus catalisadores favoritos, mas estão longe de ser fundamentais e "históricos". Para dizer a verdade, nas receitas de sangria mais antigas que encontrei (1910-Espanha/1918-Portugal) nem sequer há nota de adições à base. É só aguardente, açucar e fruta macerada, com Jerez, Madeira ou Porto para temperar e fruta não esborrachada para decorar (as já famosas laranjas amargas que ninguém queria). Daí que a sangria ibérica seja considerada uma descendente dos ponches (punches) e saia fora da categoria dos cocktails... A sangria "original", para o meu palato, é demasiado bruta e daí a adição "moderna" do Gin e do Cointreau, para se conseguir beber.

O vinho do Porto pode muito bem substituir o Cointreau (ajudando o vinho tinto a dar "corpo" à sangria) e acredito que o licor de tangerina lhe empreste o carácter cítrico que tanta falta faz para cortar o bafo alcoólico da base de aguardente. Parece-me uma boa conjugação que até tenho de experimentar.

Podes apurar a tua sangria, misturando mais aguardente e/ou mais limão, caso queiras um final mais forte ou mais àcido e ainda reforçar a base macerada com mais laranjas e limões.

Cheguei a esta receita depois de fazer muitas sangrias intragáveis e de escutar, testar e adaptar outras tantas dezenas de receitas de outras pessoas. Não é estática - nem pode ser - a bem da verdade histórica: os ingredientes fundamentais arranjam-se (fruta, açucar, aguardente), o que não conseguimos é fazer andar para trás o tempo e replicar as condições dos lugares onde a sangria nasceu e as "afinações" pessoais dos seus percussores...

Por isso cabe-nos a nós faze-la evoluir.

Em resumo e neste caso o que deves fazer é reforçar a dose de laranjas e limões na base macerada, acrescentar o Porto e o licor de tangerina e um pouco mais aguardente na mistura posterior e corrigir com açucar e sumo de limão (ao teu gosto) antes de pores a sangria no frigorífico.

Depois conta como correu... ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: ddar em Setembro 04, 2006, 08:35:28 am
Bem ... JC, é cada explicação melhor que a outra! :o
Vou experimentar sim, ainda esta semana e, claro, que conto tudo! ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: ddar em Setembro 07, 2006, 09:29:30 am
Já está em fase de fermentação ;D ;D logo à noite já provo e amanhã dou notícias! ;)
Mas depois de provar "a quente" e rectificar com mais açucar pq estava mt ácida pareceu-me que vai ficar boa.
Fiz só com 1 garrafa de vinho, é q lá em casa só somos 2! E com o vinho e as demias bedidas, açucar e fruta tenho uma caneca de 2 litros cheia :o E ainda é para misturar 7up nos copos!! Se fizesse com 2 garrafas tinha q ir vender sangria para a rua ou ficavamos a dormir 1 semana! ;D ;D ;D ;D
Utilizei laranja, lima, limão, maçã verde (da árvore lá de casa mas não sei o nome), pêssego (de roer), hortelã e canela em pau, açucar amarelo, vinho tinto maduro (porta da ravessa), aguardente amarela (caseira), vinho do porto e licor de tangerina (feitinho por moi ;)).
E para "espremer" a fruta utilizei uma garrafa vazia (devidamente lavada) pq com a colher de pau não ía lá! ;D ;D ;D
Amanhã dou mais notícias ;)


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Setembro 08, 2006, 08:34:18 am
Parece-me uma óptima receita!

Os ingredientes que escolhestes parecem ter um equilíbrio de sabores, levando em conta o sabor final da sangria, que - de certeza - contribuem para uma óptima sangria!

O único ingrediente que não usaria, porque nunca percebi que função pode ter numa sangria - para além de a "secar" ainda mais e roubar um bocadinho do sabor da síntese entre a aguardente e a fruta é a canela. Mas é corrente e acredito que o vinho do Porto e o licor de tangerina se ocupem de lhe estragar os planos de "tomar conta" da sangria. De qualquer forma, e como quando acabares de beber essa sangria, ainda ficas com a massa do fundo para fazer outra, sempre podes tirar a canela.

A menos que, como acontece aqui por casa onde vivem pessoas indefectíveis da canela, tenha de ter uma caixinha de paus de canela para por nos copos dessas pessoas!! :D :D

Estou cheio de curiosidade para saber como correu a tua sangria!


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: ddar em Setembro 08, 2006, 08:44:54 am
Como correu a minha sangria??? Lindamente! Está óptima!!! ;)
Confesso q já tinha experimentado fazer sangria tinta por 2 vezes e não gostei muito mas desta vez, está um espetáculo! Achei a receitinha certa para a minha sangria tinta! Adoramos!! E logo à noite vai haver mais gente a provar, vamos ver os comentários, mas só podem ser bons!  :D :D
Muito obrigada JC por partilhares connosco uma receitinha tão boa e que tão bem sabe ;)
Quanto à canela eu adoro canela mas realmente e agora q falas nisso não notei o sabor da canela na sangria ::)
E sinceramente, tb não lhe faz falta nenhuma :D :D Como tu dizes, o vinho do porto e o licor de tangerina devem ter-lhe estragado os planos ;D ;D ;D
E, claro, mais que merecido, cá vai um pontinho! :D


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Setembro 09, 2006, 15:51:58 pm
Obrigado Dulce!

Ainda bem que ficou boa. É quase uma receita perdida para os cocktails - de cada vez que bebo uma num restaurante fico angustiado. Ainda bem que há quem consiga preservar o espírito inicial da receita..



Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: aicirtap em Outubro 16, 2006, 00:07:19 am
gostaria de saber fazer a brtanac que é a minha preferida! alguem explica?


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: aicirtap em Outubro 16, 2006, 00:09:12 am
ops lol a branca keria eu escrever!


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: first em Outubro 16, 2006, 08:04:10 am


  Juro que não sei , mas o JC_PT deve dar-te um esclarecimento longoginal e até eu vou estar de olho para ver.
  é que além de me manter informada já me despertou interesse pela sangria e brevemente vou experimentar.
  só hoje vi este tópico mas fez-me recuar no tempo e imaginei-me numa espreguiçadeira com os pés em leque , um copo de sangria na mão, e um índigena daqueles mulatos e bem torneado a abanar umas folhas de palmeira para me refrescar,e espero fazer-vos rir neste dia de chuva.


Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: JC_PT em Outubro 16, 2006, 13:04:58 pm
gostaria de saber fazer a brtanac que é a minha preferida! alguem explica?


Claro que sim, mas vou criar um tópico só para esse fim.

É que a sangria branca não tem nada a ver com a sangria tinta. São coisas tão afastadas como um robalo o é de uma posta mirandesa... e não se dão lá muito bem.

Para mais a sangria tinta tem o condão de poder ser bebida satisfatóriamente no Outono/Inverno, moderando a "quantidade" de frio que se lhe dá. Já a branca é ultra-dependente do friasco dos congeladores e frigoríficos. Mas só de pensar em sangria branca já me está a dar os "calores", mesmo com uns modestos 22 graus lá fora...



Título: Re: Mais uma receita de Sangria (Tinta)
Enviado por: first em Novembro 03, 2006, 08:03:25 am


   Bom hoje decidi dar-te o meu pontinho, bem sei que já não está calor , mas como no feriado houve quem me trouxe laranjas amargas , aproveitei para pôr em prática esta receitinha e fiz com uma aguardente que já leva 10 anos dentro de um barril de casca de carvalho , portanto está amarelinha e com um gostinho .....bom voltando á sangria pois está a descansar no frigo e pelo que provei não está mal de todo, utilizei maçãs camoesas e vinho que já tem 7 anos , isto para falar em alguns pontos que tanto relevo tiveram na descrição inicial. ;) ;)