Lagosta Suada

( 1 voto )
Loading...
  • Preparação0 m
  • Porções4
  • Confeção:Lume
  • Nível: Médio
Imprimir Receita

Ingredientes

  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +
  • Adicionar à lista de compras +

Preparação

  • Dentro de um tacho de barro bastante grande, deitam-se as cebolas às rodelas, os alhos esmagados, os tomates aos pedaços limpos de peles e de pevides e todos os outros temperos. Pega-se na lagosta que deve estar viva e corta-se aos bocados depois de se lhe ter primeiramente tirado a tripa. Deve-se fazer esta operação em cima duma travessa ou outro recipiente para se aproveitar todo o líquido que escorrer e que se deita no tacho. Deita-se então a lagosta em pedaços dentro do tacho, assim como a cabeça e as pernas. Não se deita sal. Põe-se o tacho tapado sobre o lume forte para ferver rápidamente. Levantando fervura diminui-se o lume e ferve então lentamente em lume brando. Durante uma hora mais ou menos não se destapa para assim a lagosta «suar» sacode-se o tacho de vez em quando para que os ingredientes se misturem bem lá dentro. Passado esse tempo destapa-se então, rectifica-se o sal, e rega-se tudo com 2 cálices de vinho da Madeira ou Porto. Torna-se a tapar e ferve mais uns minutos. É melhor feita com antecedência, aquecendo-se à hora em que se servir.

Fonte: Paula Ferreira

Publicada em Mais de um ano
0 impressões
3 visualizações
Guardada em 0 favoritos
x

Registrar

Palavra passe perdida